22 de junho_blog

Potência, variação de temperatura e peso. Esses são apenas algumas das características que você deve levar em conta para escolher um secador de cabelo.

Muitas vezes as pessoas acabam escolhendo os produtos mais “modernos” ou “tecnológicos” e acabam se esquecendo do que realmente importa: quais fatorem irão facilitar o processo de escovação dos cabelos.

Material: Secadores feitos de metal ou plástico comum costumam esquentar e chegam a incomodar pela temperatura do cabo. Além disso, ao gerar um aquecimento desigual, este tipo de aparelho pode deixar os cabelos com mechas diferentes.

Peso e tamanho: Se você possui cabelos longos, o ideal é optar por secadores de cabelos mais leves. Isso porque o processo de escovação dos cabelos pode te deixar com os braços doloridos.

Temperatura: Se você utiliza o secador apenas para secar o cabelo, o ideal é utilizar a temperatura morna, que não prejudica os cabelos molhados. Já para modelar e alisar o cabelo, o ideal é o jato quente, pois a estrutura dos fios muda quando submetida altas temperaturas.

Potência e Voltagem: A potência do secador é responsável pela quantidade de ar quente e pode variar entre 1.000 e 2.000 watts. Quanto mais grosso e cacheado for o cabelo, mais potente deve ser o jato do secador. Fios quimicamente tratados e finos são modelados com níveis iniciais do secador. Já a voltagem influencia no dia-dia. Se você viaja muito, dê preferência a modelos bivolts, para evitar problemas de compatibilidade no local onde você estiver.

E não se esqueça de proteger os seus fios com o DRY TOUCH OIL DEEP REPAIR da Claressence. Utilizado como um finalizador após processos de escovação ou secagem dos cabelos, devido à presença de silicones especiais e dos óleos de Argan e Ojon, o produto confere aos fios reparação de pontas duplas, toque aveludado, brilho e ação antifrizz.