29 de junho_blog

 

Um dos piores pesadelos para as loiras é ver os fios de seus cabelos amarelados ou até mesmo alaranjados. Exposição ao sol, piscina, poluição e repetidas lavagens são fatores que podem causar o desbotamento ou a despigmentação dos cabelos.

Para solucionar este “pesadelo”, o comum é recorrer a algumas técnicas. Mas você sabe a diferença entre elas?

Desamarelar:

O uso de produtos com apelo de desamarelador (matizador gradativo) tem o efeito de remover pigmentos amarelos dos cabelos descoloridos ou tingidos de loiro que por algum motivo (erro na aplicação ou dificuldade de abrir tom de clareamento) não ficaram com o tom platinado ou mais próximo do acinzentado.  São indicados também para os cabelos loiros que com o tempo sofreram o processo de oxidação e adquiriram um tom amarelado de gema de ovo.

O desamarelador deve ser utilizado frequentemente, pois seu efeito surge de forma gradual.

Tomando como base a “Estrela de Oswald”, tabela de colorimetria utilizada pelos profissionais da beleza, é necessário aplicar uma cor oposta, ou seja, roxo ou violeta. Desta forma, a mistura de amarelo e roxo cria uma terceira cor, o cinza.

Estrela De Oswald

Tonalizar:

A tonalização é uma tintura temporária, feita com produtos sem amônia e que não agride os fios. A técnica intensifica a cor desejada na superfície das fibras capilares dos cabelos e dura por cerca de 4 a 5 lavagens.

O mix corretor e o banho de brilho são dois tipos de tonalizantes temporários: o mix corretor é misturado junto a tintura permanente e com água oxigenada para anular a chegada de uma cor de cabelo indesejada. Já o banho de brilho é recomendado para quem descolore os fios, mas não faz uso de tinturas permanentes.

O tonalizante acentua a cor dos fios, muitas vezes desbotada por agentes externos como o sol. Por exemplo: ao aplicar tonalizante vermelho em cabelos vermelhos, o resultado é o avivamento da cor vermelha.

 

Matizar:

A matização é indicada para remoção de pigmentos acobreados de cabelos descoloridos ou tingindos de loiro. O processo é indicado quando a oxidação deixa os fios alaranjados com o tempo ou quando os fios são mais escuros e dificultam a abertura de tons neutros de clareamento.Nos dois casos, os cabelos ficam acobreados  ao invés de loiro claro, dourado mel ou loiro natural mate.

O matizador, comercializado no formato de tonalizante temporário, é utilizado em conjunto com água oxigenada de 10 volumes, abrindo escamas sem tingir. É um produto mais forte que o desamarelador e deve ser utilizado na tonalidade correta e em menor tempo possível. Com este processo é possível obter diferentes nuances dentro de uma mesma cor.

De acordo com a “Estrela de Oswald” para anular o laranja é necessário aplicar cor oposta, ou seja, o azul e não o roxo. A mistura de laranja com o azul cria uma terceira cor, o marrom, , revelando um loiro naturalmente mate. Mas se o matizador azul for aplicado em cabelo amarelado, o resultado é o famoso chumbado, fios verdes.

 

E para dar o toque final, utilize os produtos da Claressence! Deixe seus cabelos saudáveis, brilhantes e ainda mais bonitos! Conheça nossa linha completa!