Estar com o cabelo oleoso pode ser algo bem incômodo. Ainda mais que, na maioria das vezes, não sendo um problema de saúde – e podendo ser uma característica genética – a aparência engordurada do couro cabeludo é desagradável e dá uma sensação de mal-estar.

Contudo, a gordura produzida pelo couro cabeludo se torna um problema quando se soma a sintomas como dermatite seborreica, coceira, acne e foliculite. Nesse caso, é preciso procurar por um médico, que irá indicar o melhor tratamento.

Já para a produção excessiva de óleo, mas que não seja relacionada a doenças, existem alguns cuidados simples que podem ser tomados e que evitam o stress com esse problema, como:

– Usar shampoos e condicionadores desintoxicantes e específicos para cabelos oleosos. Os produtos Detox, da Linha Daily Use, têm ingredientes naturais em sua fórmula, o que acalma e equilibra a oleosidade do couro cabeludo, sem ressecar os fios;

– Lave os fios dia sim, dia não. A lavagem deve ser feita de forma suave, sem massagear demais, colocando o xampu no couro cabeludo e enxaguando com água morna ou fria. Lembrete: lavar os cabelos todos os dias não é prejudicial, mas opte por isso apenas se seu couro cabeludo acumular muito (mas muito!) óleo;

– Passe o condicionador e máscaras apenas nas pontas. Mas, se eventualmente você esquecer da regra, não esqueça de tirar todo o produto dos fios, mas é todo mesmo! Quem tem cabelo curtinho não precisa usar condicionador.

Fácil, né? Agora, tome nota, segue o que você NÃO deve fazer:

– Lavar os fios com água quente, o que piora o quadro, pois causa um ressecamento imediato e, na sequência, um aumento na oleosidade. O indicado é usar a água bem morninha, nem fria e nem pelando;

– Escovar demais os cabelos, passar as mãos nos fios e esfregar a toalha na hora de secar, pois o atrito aumenta a produção de sebo;

– Usar acessórios de tecidos grossos não ventilados, como chapéus e toucas. A toalha molhada enrolada no cabelo também piora a situação. O problema é que eles aumentam a transpiração do couro cabeludo e aí, mais uma vez, fios mais oleosos;

– Deixar o secador muito perto da raiz, o calor induz mais oleosidade;

– Expor demais o couro cabeludo ao sol. E, lembre-se, use sempre filtro solar nos seus fios.

Agora que você aprendeu o que não deve fazer para estimular a oleosidade excessiva dos fios, confira como cuidar do seu cabelo durante as estações mais quentes e as mais frias do ano.